Algumas funcionalidades do website poderão não funcionar correctamente, por favor active o Javascript no seu browser.

Cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Fechar    Colégio Candidaturas Oferta Educativa Informações Pais e Alunos
COLÉGIO CEDROS

Os Lusíadas

No passado dia 24 de fevereiro, várias famílias do 1º ao 6º ano reuniram-se para asistir à peça “Os Lusíadas”, dando sequência a uma iniciativa em conjunto dos diferentes casais responsáveis pela Colaboração Familiar.

A peça mostra e dá a conhecer os Lusíadas sem que se faça a sua leitura e de forma brilhante, os atores passam em revista todos os principais episódios e personagens: consílio dos Deuses no Olimpo, viagem até Melinde e a receção hospitaleira por parte do povo, Vasco da Gama conta ao rei de Melinde a História de Portugal de Luso a Viriato; Conde D. Henrique, reis da 1.ª dinastia, salientando D. Afonso Henriques, Batalha de Ourique, D. Afonso IV e a Batalha do Salado, o episódio de D. Inês de Castro (grande momento da peça), D. Fernando e os problemas de sucessão, D. João Mestre de Avis, D. Nuno Álvares Pereira e a encenação da Batalha de Aljubarrota (momento emocionante quando no final os atores gritaram bem alto “Portugal! Portugal!”), os reis da 2.ª dinastia até D. Manuel I e o convite a Vasco da Gama para comandar a armada na viagem de descoberta do caminho marítimo para a Índia, o episódio do Gigante Adamastor (aqui receámos que os mais novos ficassem com medo da voz assustadora do monstro), o caricato episódio protagonizado por Fernão Veloso quando é atacado pelos indígenas (momento muito divertido da peça), o consílio dos Deuses no mar, a chegada a Melinde, a conversa de Vasco da Gama com o Samorim, a sua prisão e restante enredo, a partida para a pátria regressar, o episódio na ilha dos amores, o episódio de Tétis e Vasco da Gama e finalmente a Chegada a Portugal… finaliza com Camões a terminar a leitura do seu poema (a peça começa com camões e o Rei D. Sebastião em palco a iniciarem a leitura dos Lusíadas)…faltando apenas um nome para a sua imortal epopeia…

“LUSÍADAS!!!…não entra no ouvido mas depois logo se vê…” gargalhada geral e muitos aplausos para este fabuloso espetáculo.

Esta atividade permitiu ainda a pais e filhos conhecerem o emblemático edifício do Palácio do Bolhão, que curiosamente a maioria nunca tinha visitado.

Galeria